terça-feira, setembro 21, 2004

Setôr...

Como o tempo voa... Já lá vão três anos sem utilizar o "escolarês" "setôr"...

Mudam os lentes, muda a sua designação, agora são todos "professores". Nem ninguém se atreveria em ambiente universitário a chamar alguém de "setôr". Devia dar logo direito a processo disciplinar.

E realmente "setôr" é, admitamos, transmissor de alguma calanzice. Não considero ofensivo, mas não nos teria custado ter tratado os nossos professores por uma designação idêntica à universitária.

Até porque professores como o Professor Fróis de Psicologia ou a Professora Célia de Português têm muito maior dinâmica de ensino que alguns dos pseudomestres universitários.

Ainda bem que ao menos os "setôres" são bem tratados pelo Ministério que neles manda... pelo menos noutros países...

Sem comentários: