quarta-feira, maio 09, 2007

Portugal presta-se a isso e muito mais



Assim que se ouviu o rumor da possível incapacidade da África do Sul para organizar o Mundial de Futebol em 2010, logo apareceu Portugal a abanar os braços, mostrando estar aí na linha da frente para país substituto.

O que a maior parte das pessoas não sabe, é que em mais uma série de áreas Portugal tem tentado ficar com a organização de uma série de eventos de nível internacional.

Óscares 2008 - o Grupo Desportivo da Brandoa ofereceu a sua sede para a realização da entrega dos prémios de Hollywood, no caso de o Kodak Theater não estar recuperado a tempo da edição deste ano.

Vancouver 2010 - no caso de os canadianos não terem tudo pronto a tempo para os Jogos Olímpicos de Inverno, Portugal vê como perfeitamente plausível a realização dos jogos em Lisboa, falando até já em comprar milhares de canhões de neve artificial, gerando pistas incríveis nas zonas de Alfama, Mouraria e Túnel do Marquês.

Guerra do Iraque - pelo andar da carruagem, em breve não haverá mais nada para destruir no país árabe, e um comité português pondera oferecer os terrenos junto a Tróia para continuar a épica batalha. Os militares norte-americanos já se mostraram contrários a esta ideia, por acharem que há muito trânsito em Portugal, sendo particularmente difícil chegar ao cenário de guerra.

Sem comentários: