sexta-feira, julho 30, 2004

Carpe diem

Mais uma fase de exames que passa e eis-me de volta ao blog. Estive isolada durante dois meses e de regresso ao mundo não o reconheço.
Falam-me de filmes que não vi, programas de televisão de que desconhecia a existência… Devo ter sido submetida a uma experiência de criogenia e agora que fui descongelada descubro que estou no século XXIII! Tenho os amigos em atraso e o quarto por arrumar…
A palavra praia é-me estranha. Alimento-me da memória da sensação de pés quentes enterrados na granulação da areia fria e húmida. Que saudades do meu corpo salgado do fim de dia estendido na água tépida da banheira!
Estes dias de serena felicidade pareciam-me tão distantes na angústia do estudo… Agora estão perto. São estes dias. É o presente!

“Colhe o dia, porque és ele.” Ricardo Reis

Sem comentários: