quinta-feira, julho 29, 2004

Em cinzas



Ardeu esta noite o convento do Beato (pelo menos cerca de 70% do mesmo). Depois de quinhentos anos de vida, misteriosamente incendiou-se...

Era um espaço com uma acústica magnífica, basta lembrar os vários albuns que ali foram gravados... de uma variedadade tal que vai de Madredeus a Scorpions. Era ainda um local óptimo para eventos como a Feira de Antiguidades que visitei o ano passado ou certas conferências ou convenções.

Agora... nada. São as curiosidades desta vida. Quem sabe daqui a uns meses não se vê, também muito misteriosamente, nascer naquele espaço mais um monstro de betão lisboeta...

Sem comentários: