domingo, setembro 25, 2005

Suíça: país ou roubo?



Suíça é o nome de um país. Suíça é também o nome de uma pastelaria na baixa lisboeta, que dá para o Rossio e para a Praça da Figueira.

O país é bom, competente, eficiente, tem vaquinhas giras, chocolate bom, neve e lagos. O nível de vida é dos melhores da Europa. O país não é para aqui chamado.

A pastelaria é... pura e simplesmente bárbara. A Suíça de outros tempos era local de romaria. A sua doçaria caseira, dotada de uma apresentação de causar inveja à típica pastelaria de bairro tornava-a um local com fama no segmento dos gulosos, ou dos que apenas desejavam apreciar um café no cerne da capital. Com o passar dos anos, contrastando com o país que lhe dá o nome, esta pastelaria tem visto a qualidade a descer vertiginosamente e a sua política de preços a sofrer um avanço inversamente proporcional.

Não acreditam?

Fiquem com o exemplo, para quem não acredite o preçário está lá: Café ao Balcão 0.55€; Café no Salão Dourado 1.00€; Café na Esplanada 1.45€

Brilhante, não é? Deve ser o chamado microclima de inflação. Gosto muito é de me lembrar do 1.45€ que custa a bica na esplanada e de quanto desse vai para o pobre diabo que andou a torrar ao sol, que nem grau de café, no Brasil, em Timor, em África ou sabe-se lá onde...

Já agora, merece a pena pensar nisto.

Sem comentários: