terça-feira, dezembro 26, 2006

É isso, vamos lá deturpar



Ramos-Horta, Prémio Nobel da Paz, timorense, e dono de um lacinho de fazer inveja a Baptista Bastos, disse hoje, quando entrevistado pela BBC a propósito da época natalícia, que o seu destinatário de boas festas poderia muito bem ser Bin Laden, acrescentando que lhe endereçaria as boas festas, dizendo-lhe ao mesmo tempo que não odeia um único muçulmano, apesar do que se passou com a Indonésia em Timor. Explicou que pediria a Bin Laden que lutasse pelos seus ideais e pelos direitos de todos os muçulmanos, mas através do diálogo e das palavras, e nunca através do ódio e do massacre de outras vidas humanas.

Isto poderia ficar por aqui. O que se passa é que os orgãos de comunicação social portugueses, mestres na arte de mal noticiar, não param de encher o cabeçalho das suas edições on-line com títulos sensacionalistas, como "Ramos-Horta felicita Bin Laden" ou "Ramos-Horta dá as boas festas ao seu "irmão" Bin Laden".

Eu pensava que o Natal não era boa altura para deturpar, mas já que é, pois deturpemos. Aqui vão mais uns títulos de notícias, propostos pelo Oranginalidade.


"Quaresma admite que rouba"

Notícia: O jogador do Futebol Clube do Porto, admitiu em entrevista ao nosso jornal que rouba frequentemente uma ou outra batata frita da travessa, ainda antes de as tirar para o prato. Refere ser um vício que ficou de míudo e confessa aliás que "quem diz uma batata diz duas ou três, porque eu gosto das batatas ainda quentinhas e estaladiças".

"Papa consome drogas"

Notícia: Sua Santidade Bento XVI, viu-se recentemente confrontado com valores de tensão um bocadinho acima da média. Os médicos do Vaticano contaram ao nosso jornal que os cozinheiros do papado têm instruções para cortar no sal, e que de momento, por prescrição médica, o Papa consome drogas anti-hipertensoras, para tentar resolver a situação.

"Belmiro de Azevedo compra Itália"
Notícia: resolvendo meter-se no pequeno comércio, o empresário nortenho adquiriu recentemente por trespasse a pastelaria Itália, na cidade de Aveiro. Instado a comentar o futuro da pastelaria, Belmiro já assumiu que os ovos moles continuarão a pontificar como especialidade da casa, mas que vai baixar o preço dos salgados e dos quartos de leite Vigor em cerca de 35% para cativar clientela.

Sem comentários: