domingo, dezembro 24, 2006

O Noddy, os Queen e a Época Natalícia.

A todos peço calma. Sei que o título do post assusta, mas aviso que os três temas são para tratar em separado.


O Noddy


O Noddy já é taxista. Mas se ainda fosse criança e vivesse numa aldeia portuguesa onde só há idosos (o que não é o caso da Cidade dos Brinquedos)... a escola do Noddy iria fechar. Perante tal facto, apenas poderíamos alterar o famoso genérico para "Abram aulas para o Noddy".


Os Queen




Não sei se são fãs... mas para quem goste minimamente dos Queen (no meu caso, até os adoro), o espectáculo "em cena" no Casino de Lisboa até 30 de Dezembro é imperdível. Uma imitação tão real dos verdadeiros Queen, que quase arrepia. Só é pena não contar com uma sala diferente do Auditório dos Oceanos, que apesar de ser um belo auditório, é um pouco constrangedor para as pessoas se levantarem da cadeira e dançar ao som dos Queen.


A Época Natalícia



Pois é... mais um Natal que passa e não posso esperar pela minha visão favorita: os caixotes cheios de papel e laços no dia 25 e a malta toda a queixar-se da crise do costume. Quão bom seria se um destes anos para variar, alguém parasse para pensar no que realmente se pode dar de especial nesta quadra. E lembrar, passe o cliché, que ao lado da nossa alegria e entusiasmo com os presentes (cuja maior parte vai ser esquecida num ápice e nunca mais lhes ligamos), há pessoas que não têm sequer um tecto para passar esta noite.

Feliz Natal e um Óptimo Ano Novo, são os votos do Oranginalidade.

P.S.: O Pai Natal contou-me que o Freddie Mercury e o Noddy sempre foram grandes amigos.

Sem comentários: