sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Especial Legislativas 2005 (Entrevista 5)



Finalmente chegámos ao último entrevistado, nem mais nem menos do que David Hasselhoff, famoso actor e cantor, que se decidiu também a tentar conquistar o leme de Portugal. O David falou connosco, na sua casa na California:

Oranginalidade - Boa noite David, antes de mais, muito obrigado por nos receber aqui no seu lar.
David Hasselhoff - No problem, no problem, fico muito contente por poder passar as minhas mensagens. Já agora, deseja beber alguma coisa?
O - Um copo de água, se não incomodar...
DH - Não incomoda nada! Kitche, amigão... um copo de água!
(ao som da música do Justiceiro vemos o nosso conhecido Kit a entrar na sala com um copo de água para nós)
O - Ah, que curioso, não sabíamos o que era feito deste magnífico automóvel. Vejo que continuam amigos, não é?
DH - Amigos é como quem diz... o Kit é a minha cabra, pau para todo o serviço cá em casa. E já sabe que não se pode queixar muito, senão não lhe mudo o óleo, nem lhe encho os pneus.
(nesta altura demos conta das suspensões de Kit a irem ruidosamente para baixo, pobre carrinho...)
O - Passemos então à vaca fria. Não, David, não faça mal ao bicho, deixe-o lá a pastar, "vaca fria" é uma expressão portuguesa...
DH - Ah, podia ter dito logo, é que nós na Alemana temos a tradição de tirar o leite da vaca e bebê-lo logo fresquinho!
O - Muito interessante, mas diga-me, como pensa resolver o défice das finanças públicas?
DH - Easy, my man. Vou contar com a ajuda das minhas babes, as queridas das "Marés Vivas". Elas têm tácticas muito... subtis... para pôr o pessoal que não paga a pagar. E se mesmo assim não der, vou ter que obrigá-las a trabalhinhos extraordinários (na verdade extra ordinários) para equilibrar as contas.
O - Como a entrevista já vai longa, pergunto-lhe só ainda qual a razão pela qual os portugueses devem votar em si?
DH - Isso é muito simples, estes meus caracóis fantásticos! Os portugueses amam o Marco Paulo, e eu, David Hasselhoff, considero-me mesmo o Marco Paulo de Hollywood, e acho que com esta cabeleira maluca as portuguesas (e até alguns portugueses) vão todas votar em mim!

Sem comentários: