sábado, março 27, 2004

Al Capone



Al Capone, Al Capone...

Um bom homem, criminoso de profissão e travesti nos tempos livres. Al costumava dizer: "Meu Deus, eu matava por uma boa chouriça". E foi isso que fez. Obviamente, nunca conseguiu a chouriça... mas isto porque os seus contactos não chegavam tão longe como a região centro-norte de Portugal.

Já viram bem? Um homem que controlava a região centro-norte dos Estados Unidos não conseguia fazer o mesmo à correspondente lusa. E isso bem que o irritou. Há quem diga até que um dia, Capone anunciou: "A partir de hoje, quem quiser ser um gangster à séria tem de se ir formar na Cova da Moura ou no bairro da Belavista em Setúbal". Mais uma vez pensaram que ele estava a brincar e olha... os grandes gangsters só apareceram umas décadas depois.

No campo do travestismo, Al foi o que se pode chamar um vanguardista, ao só usar um elemento identificativo dessa sua faceta: o baton.

Além disto, que todos vocês já sabiam, descobriu-se também recentemente (mesmo recentemente... há coisa de segundos no meu cérebro...) que Al Capone foi campeão estadual do Illinois, em bisca de três.

Pois é, pois é, pois é...

Sem comentários: