segunda-feira, março 22, 2004

East River Boy (3) (não aconselhado a quem se impressione facilmente com linguagem violenta... a sério...)



- Dinheiro... o problema é dinheiro então...
- Mas dou-lhe todo o que quiser!!! - implorou Bernstein.
- Todo o que eu quiser? A sério? O valor que eu achar decente?
- Sim, desde que eu o tenha... é seu!
- Hmmm, então diga-me lá... quanto vale esta sua mão direita que deve usar para assinar os depósitos no banco?

E sem que Bernstein tivesse tempo de reagir... viu uma espada da idade média reflectir a luz da lanterna e viu a sua mão direita voar para a escuridão...

A estridência do berro de dor deve ter sido propagada quase até à nascente do East River.

Terminado o horror inicial, Bernstein ia começar a praguejar... quando a espada voou novamente e desta vez acertou em pleno joelho esquerdo, com uma violência de golpe tal que lhe amputou a perna daí para baixo...

- Mate-me, mate-me, por favor!!! Eu não fiz nada para merecer isto...
- Ai não? E o que dirão as famílias das vítimas dos assassinos que tu defendes?
- Mas... mas... é o meu trabalho... a minha profissão... cada um faz aquilo que sabe...
- Aí tens razão!

E com esta frase, o homem do chapéu accionou uma alavanca que Bernstein não conseguia ver... e este último reparou que as correntes que o apertavam se começaram a mexer. Foi arrastado pelo chão e de repente... começou a ver alguma claridade... luzes verdes e encarnadas...

Rapidamente as reconheceu como sendo luzes da margem do rio... cada vez mais perto. E subitamente, o chão desapareceu, Bernstei caiu e sentiu-se a entrar lentamente na água com as correntes a conduzir o advogado para o fundo...

Duas horas depois, o homem retirou as correntes da roldana, deu meia-volta e abandonou o armazém. Não sem antes limpar o sangue que sujara a sua espada... nos estofos de um Lexus que prontamente destravou e encaminhou para junto do dono.

E Bernstein voltou a ser notícia de projecção nacional passados três dias... embora por motivos ligeiramente diferentes dos daquele dia...


Tenham muito cuidado... nunca se sabe quando vai aparecer o East River Boy...

Sem comentários: