sexta-feira, janeiro 30, 2004

Erros do Criador



Sem que eu tenha autoridade para o fazer, parece-me que até o Criador tem momentos de distração... E um desses momentos, foi, sem dúvida, quando se lembrou de inventar a vespa, esse animal execrável, que, desde petit infant, habita os meus piores pesadelos.

Não há direito de existir um bicho tão ruim!!! É que... a abelha, apesar de também se lembrar de distribuir umas picaditas de quando em vez, sempre produz o mel, que, embora não apreciado por todos, é docinho... faz bem à tosse... e dá de comer às pessoas que se mascaram de astronauta para essa nobre função de apicultor.

Agora... a vespa, só trabalha para ela, roubando o pólen às pobres das flores (devia poder ser considerada violação, além de que as obriga a terem relações promíscuas com outras plantas que não conhecem de lado nenhum) e além disso, tem uma magnífica diversão, que passa por aparecer nas piores alturas... geralmente às refeições... ou então nos piores locais. É que não percebo a tara destas pestes com asas para se esconderem em tijolos ou casas em construção. Claro que o pobre do JP pequenino, se punha a explorar esses locais e era presenteado com um ferrão primeiro... e com um inchaço (edema é o termo médico, e digam lá se não é muito mais chique?) e dores agonizantes depois...

Enfim... mesmo os Amigos dos Animais... quando virem uma vespa... tentem diminuir-lhe a esperança média de vida. Lembrem-se sempre que deve haver um motivo para ter havido não uma Vespa Maia, mas sim uma Abelha Maia!

Sem comentários: