sábado, janeiro 31, 2004

Para os eternamente insatisfeitos



Para os que se preocupam demasiado com as coisas.
Para os que acham que tudo corre mal.
Para os que pensam que todos os azares da vida lhes batem à porta.
Para os que acreditam que os outros estão sempre melhor que eles.
Para os que desistem à primeira adversidade.
Para os que desistem à segunda adversidade.
Para os que desistem... seja qual for a adversidade.
Para os que... acham que se identificam com os acima referidos...

Não queiram nunca pensar que há crianças como esta, que buscam desesperadamente um sorriso, perante uma morte certa. Eles não têm ajuda... Elas não têm esperança... E mesmo assim não desistem...

Por respeito aos que lutam e têm a derrota garantida... pensem, aqueles que têm tudo o que é bom e cujas adversidades não são dignas desse nome, o ridículo da situação em que incorrem quando se queixam!

Sem comentários: