quinta-feira, abril 15, 2004

Cairo Experience



Há dias que têm quase mais de vinte e quatro horas. Este aqui começou a acordar às duas da manhã, ainda em Assuão, para fazer mais de três horas de estrada pelo meio do quente e seco deserto.

Há milhares de anos, também Ramses II se aventurara para estes lados e aqui ergueu os magníficos templos de Abu Simbel, espectacularmente escavados no interior da montanha, e, não menos espectacularmente, salvos de ficar submersos nas águas da barragem de Assuão, num trabalho predominantemente realizado por espanhóis, ao serviço da Unesco.

Ainda manhã bem cedo, e já o "throttle" está no máximo para descolar em direcção ao Cairo. Antes da aterragem, a visão das Grandes Pirâmides e da Esfinge pela janela do avião, são mais um ingrediente a apimentar o dia. Algum descanso... e a "experiência" estava guardada sobretudo para a noite.

"Cairo by night" é um programa que se recomenda. Vêem-se as gentes, as ruas, o bulício, o trânsito... sempre o trânsito cairota no seu melhor, onde conceitos como prioridade ou semáforos são meras teorias. Vale tudo nestas ruas...

E como por vezes é necessária uma imersão cultural completa, ali nos sentamos num café típico, a beber chá de menta e a fumar tabaco de frutos pelas típicas "shishas" à la norte-africana.

E quase nos sentimos egípcios...

(escrito a 8 de Abril de 2004 no Cairo)

Sem comentários: