sábado, janeiro 15, 2005

Entrevista com Gandalf



Pasmem-se todos, mas o Oranginalidade conseguiu a primeira Grande Entrevista com Gandalf, o Branco.

Oranginalidade - Boa tarde Doutor Gandalf.
Gandalf - Não, não me chame Doutor Gandalf, que eu não cheguei a acabar o curso de Mágicas Avançadas. Na verdade nem licenciatura era, mas eu fiquei-me mesmo só pelo meio do 2ºAno, depois resolvi aprender por mim próprio.
O - Muito bem... já agora, falando da educação na magia, o Gandalf sempre quis ser Feiticeiro?
G - Hmmm...(lançando bafos de fumo pelo seu cachimbo) Não, para confessar, quando eu era pequeno queria ser limpa-chaminés. Já dava para ver que ia ser alto e esse era mesmo o meu sonho.
O - Então o que o fez mudar de ideias?
G - Foi quando fiz 9 anos. Nesse dia os meus pais ofereceram-me "O Teu Primeiro Kit de Feiticaria" e eu viciei-me naquilo. Ainda me lembro de ir para a escola, e de, em vez de tomar atenção às aulas de Meio Social, passar o tempo a fazer as folhas cair das árvores com a Mini-Varinha que vinha no kit.
O - E então como deu o salto para o que é hoje?
G - Bem, isso explica-se rapidamente, foi muito fugaz, coisa para durar os seus dois mil anos... Quando saí do curso não conseguia arranjar trabalho. Ainda trabalhei como caixa numa Parfois e a fritar batatas no MacDonalds, mas depois resolvi emigrar para a Terra Média.
O - E aí, é o que sabemos, não é?
G - Sem dúvida, decidi participar na Guerra do Anel, mas devo confessar que me sinto algo enganado agora.
O - Enganado? Então porquê?
G - Ah pois! Porque os elfos, para me convencerem a fazer parte da Irmandade do Anel garantiram-me que Sauron tinha armas de destruição maciça. Ora, eu fui, ganhámos a guerra... e no fim de contas não havia nada disso em Mordor.
O - Uma chatice, uma chatice... E agora, planos para o futuro?
G - Sim, por acaso tenho... Fui convidado para ir ajudar a população de Canas de Senhorim a subir a concelho e o Schwarzeneger também me pediu uma mãozinha para os lados da Califórnia. Ei! Quem são estes senhores? Ei ei! Larguem-me! Olhem que eu mando uma bola de fogo!

(entrevista interrompida devido à detenção de Gandalf, o Branco... parece que esta designação escondia a verdadeira actividade do pseudomágico, o tráfico de estupefacientes... que iam da Erva do Shire, que inclusive fumou durante a entrevista, até às que deram origem ao seu cognome)

Sem comentários: