domingo, janeiro 09, 2005

Evolução



Quase tudo evolui à medida que o tempo passa (excepto a qualidade dos jogadores do Benfica, que quando muito involui, mas pronto, vamos deixar as mágoas para outra altura...).

Uma das mais curiosas evoluções prende-se com a perda de funções do barbeiro com o avançar da História.

Hoje em dia, todos sabem o que eles fazem. Há não muito tempo acumulavam a função de dentistas. E há ainda mais tempo tinham ainda por conta deles o papel de cirurgiões.

Não deixa de ser curioso imaginar uma situação passada há umas boas centenas de anos:

- Então Sr.Manuel, o que é que vai ser hoje? Barba, cabelo e hérnia?
- Também tinha uma variz, se pudesse ser...
- Com certeza, com certeza...

(e depois do trabalhinho acabado... lá ia buscar o espelho)

- Está bom assim?
- Está, está. Essa sutura da virilha podia estar mais disfarçada, mas deixe estar.
- Não quer secar?
- Não... deixe estar. Eu vou já para casa, não vou andar para aí a dar a perna.

Sem comentários: